Compartilhe!

TELEX-FREECom o Ministério Público do Acre mantendo a Telexfree incapaz de operar, bloqueando a entrada de novos usuários e congelando os pagamentos dos que já utilizam o sistema sob pena de até 100 mil reais/dia, diversos divulgadores interditaram a rua de acesso ao MP em protesto contra a decisão tomada pelo desembargador Samoel Evangelista.

Agora vemos o problema: milhares de divulgadores (só no Acre tem aproximadamente 70.000, imaginem no país) consideram o programa lícito, e usam a receita gerada pelo Telexfree como única fonte de renda. Mas a forma de como o programa gera dinheiro não é sustentável: o plano básico do serviço de VOiP da empresa cobra $49 (R$ 107 aproximadamente), enquanto a adesão do plano divulgador começa em $339 (R$ 745) e garante que se você fizer 7 anúncios da empresa, independentemente de alguém comprar ou não ao software, vai receber um ótimo retorno durante o ano. Mas se não houver nenhuma adesão ao software, como a empresa vai se sustentar?

Dessa forma, a empresa iria necessitar de novos divulgadores para pagar aos mais antigos, o que faria o programa crescer e ganhar confiança pois os divulgadores mais antigos seriam pagos regularmente, financiados pelos novos entrantes.

O site PatosOnline fez um cálculo confirmando a insustentabilidade do sistema, confira:

“Se o Brasil contar com 400.000 centrais TelexFree, cada uma prometendo pagar R$ 760 reais por mês de lucro” chegaríamos ao valor de R$3,64 bi! (400.000 x 760 x 12)

Porém, cada central é adquirida pelo distribuidor por cerca de R$ 2.700,00! Ou seja, uma receita para a TelexFree de R$1,08 bi (400.000 x 2.700)

Portanto, a Telexfree “[...] arrecadaria cerca de R$ 1,08 bilhões em 12 meses, e teria que pagar, no mesmo período, o correspondente a [...] R$ 3,64 bilhões em lucros aos donos das centrais.

Ou seja, “de onde viriam os R$ 2,56 bilhões para pagar o correspondente a 1 ano do lucro prometido aos donos das ditas centrais? Seria da venda de planos VOIP?… se fosse, teriam de vender em 12 meses cerca de 27.000.000 de linhas VOIP. Mais do que o dobro do número de domicílios com internet no Brasil que, segundo o IBGE, é de 13,3 milhões, ou seja, em 06 meses todas as casas com internet já teriam linhas VOIP (Telexfree), e nos outros seis meses essas linhas seriam vendidas a quem?

Mas tem os anúncios, [...] a Young & Rubican, maior empresa de publicidade do Brasil, teve um lucro de menos de 0,92 bilhão em 2012, ou seja, ainda que em 06 meses a Telexfree coloque linhas VOIP em todo Brasil e tivesse o mesmo lucro da maior agência de publicidade do país, com seus anúncios, arrecadaria R$ 2,2bi ( R$ 0,92bi + R$1,28bi) de modo que faltariam ainda R$ 360 milhões de reais para completar a promessa de lucro de apenas 1 ano considerando um total de 400.000 centrais.

Espero a palavra de um divulgador para que possamos discutir a respeito da sustentabilidade de Telexfree. De toda forma, sistemas MMN sempre são em sua maioria dignos de desconfiança. Sempre digo que não existe riqueza fácil, é utópico. Agora vejo em jornais pessoas que venderam seus imóveis, veículos e até largaram o emprego pra investir tudo no Telexfree, e agora seu futuro está nas mãos da Justiça. Caso o sistema de pirâmide seja comprovado, este poderá ser o maior golpe financeiro já aplicado na história do país.

Agradecimentos ao site Patos Online e o Canal do Otário.

Compartilhe!