Compartilhe!

O Universo Cariri fez mais uma entrevista especial. Dessa vez, com os criadores do site “A Rua dos Bobos”, que tem como foco principal mostrar as questões urbanas da capital cearense, mas que, também, fez uma série especial relacionada ao cariri. Venha conferir!

Morganna Batista é natural de Milagres-CE, estuda Arquitetura e Urbanismo na Unifor e mora em Fortaleza. Cleber Cordeiro é natural de São Paulo-SP, graduado em Letras pela USP e mora em Fortaleza.

Morganna Batista é natural de Milagres-CE, estuda Arquitetura e Urbanismo na Unifor e mora em Fortaleza. Cleber Cordeiro é natural de São Paulo-SP, graduado em Letras pela USP e mora em Fortaleza.

  • UNIVERSO CARIRI: De onde vocês tiraram a ideia do “A Rua dos Bobos”?

MORGANNA BATISTA: O A Rua dos Bobos surgiu de uma necessidade de usar o que eu aprendo na faculdade pra fazer algo pela cidade onde moro e amo, Fortaleza. Então eu resolvi unir essa necessidade ao mundo virtual, já que é nele que passo várias horas do meu dia. E nada melhor do que um blog pra colocar isso em prática.

  • UC: Qual o significado do nome “A Rua dos Bobos”?

Morganna Batista: Depois que amadureci a ideia, fui contando aos amigos e pedindo sugestões. Quando contei ao Cleber, ele adorou a ideia e já se listou como um dos colaboradores. Eu adorei! A partir daí começamos a trabalhar juntos e a procurar um nome adequado. Mas o A Rua dos Bobos foi culpa do Fernando Bittencourt, um amigo meu de Florianópolis, que também se empolgou com a ideia. E é nome muito apropriado, pois ao mesmo tempo em que ironiza, não foge do foco principal do blog que é a cidade e seus problemas.

  • UC: Qual o objetivo a partir do “A Rua dos Bobos”? Falem um pouco sobre o site!

CLEBER CORDEIRO: A partir da ideia inicial, de usar o espaço para mostrar coisas que poderiam ser melhoradas e reunir ideias, bons exemplos, coisas bonitas e características da cidade, percebemos uma boa receptividade e vimos que é um bom modo de informar, divulgar coisas que acontecem pela cidade, e que às vezes não são focadas pela mídia local. Apesar dos problemas da cidade que mostramos sempre, dá pra notar que o orgulho de ser de Fortaleza, o pertencimento à cidade aos poucos vem se fortalecendo nas pessoas, e é muito legal ter um espaço em que além de podermos expressar isso, encontremos mais gente que compartilha dessas ideias e gosta de Fortaleza.

  • UC: A acessibilidade é bastante focada no “A Rua dos Bobos”. Qual a razão?

    Acessibilidade, urbanismo e arquitetura, são alguns dos temas abordados pelo site. (foto: Reprodução)

    Acessibilidade, urbanismo e arquitetura,
    são alguns dos temas abordados pelo site.
    (foto: Reprodução)

Cleber Cordeiro: A acessibilidade é uma das coisas mais importantes em uma cidade, porque tem a ver com garantir que qualquer um possa aproveitá-la, tem a ver com cidadania, com tornar as coisas mais humanas e agradáveis para todos. Achamos que os absurdos que a gente vê diariamente pela cidade chamam muito a atenção. Não é preciso nem ter conhecimento das normas pra ver que muita coisa por aí está errada, imagina quando se estuda e observa o mundo à sua volta. Em relação a isso, procuramos passar a indignação do cidadão comum que é constantemente desrespeitado no seu direito de ir e vir, tentando usar linguagem simples, mas sem descuidar da parte mais técnica, indicando e colocando à disposição as normas pra consulta.

  • UC: Inicialmente “A Rua dos Bobos” era um blog. O que fez vocês mudarem para um site?

Morganna Batista: Desde o início tínhamos vontade de ter um endereço nosso, aí um dia finalmente decidimos que íamos comprar um domínio. Pesquisamos um pouco sobre como funcionava e compramos um domínio .ORG, que é um domínio para site sem fins lucrativos, que é o que somos. Apesar de ser um site, O A Rua dos Bobos continua sendo um blog, ou melhor, um site em formato de blog.

  • UC: Vocês postam, às vezes, coisas que não se referem a Fortaleza, inclusive sobre o nosso Cariri, como é isso?

Cleber Cordeiro Na pagina do Facebook, procuramos sempre mostrar novidades de outras cidades, para apresentar o que anda sendo feito por aí. Já no blog, fizemos isso recentemente com um post em Juazeiro da Bahia, e tivemos a oportunidade de fazer uma serie de postagens sobre o cariri cearense que serão lançadas agora em janeiro. Foi bem interessante, é como se os problemas das cidades grandes se estendessem pra cidades menores, mas que vem crescendo bastante, como Juazeiro do Norte e Crato. Vimos muitas coisas que nos impressionaram, boas e ruins, e foi uma experiência bem legal que esperamos repetir em outras cidades do Ceará, quem sabe com outras caririenses, como Barbalha, Missão Velha, Milagres, Brejo Santo, ou mais cidades-polo, como Sobral, Quixadá e Limoeiro do Norte.

  • UC: Quais as metas para 2013?

Cleber Cordeiro: Escrever as postagens vem sendo muito legal pra gente, então esperamos poder continuar, como um exercício diário de senso critico. Uma outra ideia é dinamizar as postagens e incentivar os leitores a participar ainda mais, mas ainda não sabemos como. Ficamos na torcida de que mais pessoas que também gostam da nossa cidade possam enxergar cada vez mais os problemas e procurar mudanças.

Parabéns pelo excelente projeto. O endereço do site, para quem quiser acessar e conhecer é aruadosbobos.org.

Compartilhe!